sábado, 1 de julho de 2017

1-3: O Barça Legends faz magia e o United, golos

*FC Barcelona


Lendas do Barcelona e Manchester United realizaram um particular no Camp Nou, esta sexta-feira, com o intuito de angariar fundos para ajudar na construção de um Centro Oncológico Infantil e os Red Devils venceram por 3-1, numa partida em que os craques do Barça pensaram mais no espectáculo do que no marcador.

Neste tipo de jogos, o resultado nunca é o mais importante e deste encontro há a salientar os pormenores técnicos e a combinação artística entre Ronaldinho e Rivaldo, que atuaram na frente de ataque dos culés, juntamente com Simão Sabrosa e Giuly.

Blomqvist abriu o ativo, o ex-Benfica Karel Poborsky fez o segundo e Yorke fez o 0-3. Perto do fim, o francês Déhu reduziu para o Barcelona.

In: Mais Futebol

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Jogo de Lendas: Simão Sabrosa treina em Camp Nou

*FC Barcelona

O Barça Legends (lendas do Barça) continua a sua preparação para o jogo contra o Manchester United Legends que acontecerá esta sexta-feira, às 19h (hora local), 18h em Portugal. 

Este jogo tem um cariz solidário, sendo que toda a receita reverterá a favor do projeto PCCB (Pediatric Cancer Center Barcelona), do Hospital San Juan de Dios que tem como missão garantir o tratamento oncológico a todas as crianças doentes.

Simão Sabrosa que se fez acompanhar do filho Martim e do enteado Rodrigo, juntamente com as outras lendas do clube catalão treinaram, esta quinta-feira, no estádio de Camp Nou, logo depois da conferência de imprensa de José Mari Bakero, Belletti e Nadal.  

A maioria dos protagonistas puderam treinar nesta sessão preparatória que decorreu no mesmo estádio onde, esta noite, irão mostrar, de novo, o seu futebol a todos os "barcelonistas".





Por: Simão Sabrosa Fãs/ FC Barcelona

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Simão Sabrosa participa em jogo solidário entre lendas do Barcelona e Manchester United

*FC Barça Legends

Ex-futebolistas do FC Barcelona e do Manchester United, entre eles Simão Sabrosa, vão disputar um jogo solidário para a luta contra o cancro infantil na sexta-feira, no Camp Nou, Barcelona.

Simão Sabrosa voltará a vestir a camisola do ‘Barça’ no estádio do clube catalão, para disputar uma partida frente a ex-futebolistas do clube inglês, num evento solidário em que são esperados cerca de 40.000 adeptos.

Os preços de entrada na partida rondam os 10 e os 21 euros e o montante alcançado destina-se na totalidade à construção de um novo centro de investigação contra o cancro infantil no hospital Sant Joan de Deu.

Ao lado de Simão Sabrosa estarão Ronaldinho e Rivaldo, ambos Bola de Ouro, juntamente com Angoy, Guzmán, Juan Carlos Rodriguéz, Popescu, Nadal, Belletti, Andersson, Dehú, Edmilson, Davids, Goikoetxea, Mendieta, Giuly, Julio Salinas, Amor, Ezquerro, Lluís Carreras, Quique Estebaranz e Kluivert.

Pelo emblema do Manchester United vão estar os ex-jogadores Van der Gouw, Pilkington, Beardsmore, Berbatov, Blomqvist, Brown, Djordjic, Johnsen, Martin, Saha, Ji Sung Park, Poborsky, Ritchie, Thornley, Silvestre, Alan Smith, Dwight Yorke e Webber.

In: DNotícias.pt

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Simão Sabrosa: «Fernando Santos é como um pai»

*Alamy Stock Photo

Simão Sabrosa garante que lhe bastou uma época no Benfica para ter uma relação especial com o agora selecionador nacional Fernando Santos.

"Trabalhei com Fernando Santos um ano no Benfica, mas foi o suficiente para ficarmos amigos, para termos uma relação muito boa. É como se fosse um pai para mim. Cristiano Ronaldo? É o melhor do mundo, continua a fazer muitos golos, a bater recordes, mas não nos podemos esquecer também dos outros 22 jogadores que são importantes, nos seus clubes e no nosso país, e que ajudam o Cristiano a chegar a esses êxitos", afirmou esta quarta-feira o antigo internacional português que está em Moscovo para assistir ao jogo entre Portugal e Rússia.

In: Record

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Lembra-se da goleada à Rússia por 7-1? Simão marcou nesse jogo

*Sapo Desporto

Apesar de sentir sempre muitas dificuldades quando se desloca a solo russo, Portugal acaba por ter um registo global bastante positivo, com um total de seis vitórias, um empate e três derrotas, incluindo 14 golos marcados e nove sofridos.

O último embate entre Portugal e Rússia aconteceu em Novembro de 2015, num particular que decorreu em Krasnodar e que terminou com a vitória da equipa da casa, por 1-0. Aliás, a seleção lusa nunca conseguiu vencer na Rússia em quatro tentativas e também não marcou qualquer golo, sendo que o melhor que conseguiu foi um empate a zero, em 2005.

Em Moscovo, ainda durante existência da União Soviética, a formação lusa sofreu uma pesada derrota por 5-0, em pleno apuramento para o Europeu de 1984, e, na luta por um lugar no Mundial2014, voltou a viver novo desaire, desta vez por 1-0, em 2012.

Pelo meio, em 2005, na corrida para o Mundial2006, Portugal saiu de Moscovo com um empate a zero, aquele que é até hoje o seu melhor resultado nesse país de Leste, mas ainda assim sem qualquer golo marcado

O cenário muda complemente quando Portugal joga em casa, pois os russos saíram sempre derrotados nas três vezes que se deslocaram a solo luso, incluindo uma pesada goleada por 7-1, em Alvalade, no final de 2004, em jogo a contar para o apuramento para o Mundial'2006.

Nesse jogo, Cristiano Ronaldo e Petit marcaram, ambos, dois golos, enquanto Pauleta, Deco e Simão também contribuíram para uma das vitórias mais expressivas de sempre da seleção portuguesa.

Em 1983, perante a União Soviética, Portugal venceu por 1-0, com um golo de Jordão, no Estádio da Luz, que 30 anos depois, em 2013, voltou a ser palco do novo triunfo luso pelo mesmo resultado, mas com Hélder Postiga a ser o ‘herói’.

Em fases finais, Portugal também acabou sempre por se superiorizar à União Soviética e à sua herdeira, primeiro no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares do Campeonato do Mundo de 1966, que decorreu em Inglaterra, com um triunfo por 2-1, e depois no Euro2004, em Portugal, com uma vitória por 2-0, ainda na fase de grupos.

No Estádio de Wembley, em Londres, golos de Eusébio, que bateu de grande penalidade o lendário Lev Yashin, e Torres, em cima do apito final, deram o terceiro lugar à seleção nacional, enquanto na Luz, Maniche e Rui Costa mantiveram Portugal na luta por um lugar nos quartos de final do Europeu.
Em 1972, num particular que decorreu em Belo Horizonte, no Brasil, a formação das ‘quinas’ venceu por 1-0, com um tento de Jordão, e levantou a Taça Independência.

In: Sapo Desporto

Simão Sabrosa: «Quando entra em campo, Cristiano coloca a capa de super-herói»


Simão Sabrosa está em Moscovo para assistir ao jogo desta quarta-feira entre Portugal e Rússia e falou sobre o momento atual de CR7 e da forma como está a gerir a polémica à sua volta.

"Quando [Ronaldo] entra e campo não se lembra do que está à sua volta. Ele vai a estádios onde é assobiado e não se deixa afetar, faz sempre dois ou três jogos. Está habituado a este tipo de situações, é muito forte psicologicamente e quando entra em campo veste aquela capa de super herói", afirmou o antigo internacional.

«Moutinho é um exemplo»

Simão Sabrosa falou igualmente do facto de Moutinho poder fazer hoje a 100.º internacionalização.
 "Continua a ser um jovem. O João jogou comigo na seleção, é um exemplo, e fico feliz por ele chegar a esse número, nem todos conseguem. Teve uma época fantástica no Mónaco, dou-lhe os parabéns. Que continue por muitos mais anos", concluiu.

In: Record

domingo, 18 de junho de 2017

Simão Sabrosa celebra aniversário do seu "pirata" mais novo

 
Simão, filho do ex-futebolista e de Vanessa Rebelo, comemorou três anos este sábado, 17 de Junho. E teve uma festa a preceito, com um tema de piratas.

Aliás, foi com uma mensagem dedicada ao seu "pirata" que Simão Sabrosa festejou o aniversário do seu 'caçula'.
"Hoje o meu baby SSS faz 3 aninhos, és único e maravilhoso , amo-te meu pirata/índio. Obrigado Mami @vavarebelo and Love u, o nosso filho é lindoooooooo, especial e único!!", escreveu o atual comentador desportivo.

Já Vanessa Rebelo, além de ter organizado a festa como qualquer mãe babada, também pôs em prática os seus conhecimentos profissionais como decoradora.

"Quando construímos o amor certo ou pelo menos quando fazemos tudo com amor, tudo resulta" Para ti meu Baby SSS aqui está... #papásqueteamam", dedicou ao filho, a quem costuma chamar - assim como ao outro filho, Rodrigo - de "índio".

In: MoveNotícias

sábado, 17 de junho de 2017

Simão Sabrosa: "Benfica é o favorito" para a próxima época


Os antigos futebolistas Dimas, Simão Sabrosa e Luís Boa Morte afirmaram hoje que a I Liga portuguesa de futebol de 2017/18 terá os três ‘grandes’ na luta pelo título, com o Benfica em vantagem.

Para Simão Sabrosa, os ‘encarnados’ têm “protagonismo” no próximo campeonato graças aos últimos quatro títulos conquistados, explicou à Lusa.

 “Quando o Benfica está numa onda vencedora, o que já aconteceu com o FC Porto, os jogadores ganham esse gosto de ganhar e é difícil para as outras equipas derrubarem esse protagonismo”, apontou o antigo capitão das ‘águias’, que representou de 2001 a 2007, depois de ter feito a formação no Sporting.

O jogador falava à margem de um jogo solidário entre a Fundação Luís Figo e a Fundação Dimitar Berbatov, que decorreu na terça-feira, no Estádio Nacional Vasil Levski, em Sófia. O antigo internacional considera que ‘dragões’ e ‘leões’ querem quebrar “a onda vitoriosa” do Benfica e o tetracampeão “quer mantê-la”, pelo que será um campeonato “muito bom para os adeptos”.

Simão deixou ainda uma nota para os “bons treinadores” que encabeçam cada um dos três ‘grandes’, aproveitando para destacar os principais pontos fortes do ‘estreante’ Sérgio Conceição, que assumiu o comando dos portuenses depois da saída de Nuno Espírito Santo.

“O Sérgio prepara-se muito bem, é um estudioso, que gosta de ganhar porque tem aquela garra, já quando era jogador, e isso pode ser importante”, considerou Simão Sabrosa, que apontou como essencial “ter o maior número de soluções no plantel”.

In: Sapo Desporto

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Simão Sabrosa marca em jogo solidário


O Estádio Nacional Vasil Levski, em Sófia (Bulgária), recebeu mais um jogo solidário, desta vez com uma equipa de estrelas liderada por Luís Figo a defrontar outra capitaneada pelo anfitrião Dimitar Berbatov. 

O resultado foi um empate (3-3), com vários antigos craques a mostrarem o que ainda sabem fazer nos relvados. 

Simão Sabrosa, ex-capitão do Benfica, marcou um golo, David Trezeguet e Robbie Keane bisaram, e o Marchena fez um autogolo, numa partida em que participaram ainda Dimas, Luís Boa Morte, Balakov, Stoichkov, Robert Pires, David James, Ryan Giggs ou Míchel Salgado.

In: Record

terça-feira, 13 de junho de 2017

Simão Sabrosa participa na 3ª Edição do Torneio João Pereira & Amigos


Decorreu este domingo, no Complexo Desportivo de Martim, em Barcelos, a 3.ª edição do torneio João Pereira e amigos.

O torneio contou com as presenças de André Martins, Josué, Castro, Orlando Sá, Simão Sabrosa, Marco Caneira e João Coimbra, além, naturalmente, do padrinho João Pereira. Ukra também fez questão de estar presente, mas não jogou.
Os lucros do evento revertem a favor de uma instituição de solidariedade. 

In: A bola